Johnny Depp Forever
A sua fonte de informações sobre o ator e músico Johnny Depp
Esclarecimento sobre a polêmica entre Johnny e a canção da banda Babybird
dezembro 10, 2011

As manchetes estão gritando com citações cristãs ofendendo o Johnny por causa de uma canção obscura do novo álbum ‘The Pleasures of Self Destruction’, de Stephen Jones, integrante da banda Babybird. A música ‘Jesus Stag Night Club’ é do tipo que pode ser interpretada de várias maneiras diferentes. Conseguir interpretar ou decifrar alguma das músicas que Stephen Jones escreve é impossível. Ele é um artista e um poeta, e como todos os artistas e poetas, ele é complicado. Sobre essa história controversa, o músico Joey Malone, guitarrista da banda Babybird, diz:

“Stephen é claro e escuro, esta canção é apenas mais uma de suas criações, ele é um artista com senso de humor, e ele é realmente bom.”

Joey ainda diz que o mais engraçado de tudo é que os protestos contra a música estão tentando relacionar o Natal com tudo isso. “Nada disso é resultado de planejamento estratégico. O álbum foi lançado no Reino Unido em outubro… O Natal não tem nada a ver com este álbum!”

John Thomas da  Digital Journal Magazine Online, escreveu: “O astro de Piratas do Caribe, Johnny Depp estava esperando pelo concurso The X Factor com essa nova canção ‘Jesus Stag Night club’. Mas parece que sua oferta para um sucesso de Natal o tem colocado em apuros com os cristãos.”

A manchete da reportagem feita por Gina Serpe, repórter do E!Online e da MSNBC mostra: ” Ho-Ho-Oh-Não! A canção de Johnny brincando com Jesus no Natal se tornou uma blasfêmia! Sucesso de Natal? Canção de Natal? Essas pessoas se chamam de jornalistas? Eles precisam obter a versão verdadeira dos fatos antes de participar do desfile de idiotas. Todos eles estão subindo no vagão e, na verdade, inventando coisas para distorcer o assunto ao afirmar que ‘Johnny será condenado ao fogo eterno’. Ridículo.”

Até Stephen Jones, da banda Babybird, lançou um comunicado oficial: “Algumas pessoas não têm senso de humor.”

Clique para continuar lendo >>>

O autor do artigo original compartilhou a verdadeira versão dos fatos contando a história desde o início

“Era o início dos anos 80 e meu pai, Jim Conrad, era dono de uma boate, no sul da Flórida, conhecida como Casa da Árvore. Havia uma banda de jovens ótimos e talentosos músicos, conhecidos por ‘The Kids’, gerenciados pela incomparável Sheila Witkin. Bruce, o filho de Sheila, é o baixista, Joey Malone é o guitarrista, Bill Hanti é o baterista e Johnny Depp também ficava na guitarra. Esses quatro jovens subiram no palco daquele clube meio escuro. Eles tinham um brilho que, mesmo 30 anos depois, se recusa a sair de todos da banda, e cada um deles brilha na sua própria carreira. Claro, todos conhecem Johnny, mas deixe-me lhes dizer em primeira mão, esses caras evoluíram, se tornaram magníficos, realizados e músicos humanitários dedicados. Meu pai, Jim, que era como um pai do rock ‘n roll para eles, estaria muito orgulhoso do que eles fizeram em suas vidas.  Felizmente, tenho amigos que permaneceram com os meninos e sabiam que tinham que descobrir e ver do que essa “comoção” tratava, então aqui vai … Perguntei à Joey Malone, guitarrista da banda Babybird, e à Bruce Witkin, proprietário da Unison Records (eu disse que meu pai ficaria orgulhoso), qual era a opinião deles sobre esse alvoroço repentino relacionado ao Johnny e à música ‘Jesus Stag Night Club’. Bruce começou a dizer que ele estava atordoado pela repercussão que isso está causando:

“Os extremistas e os meios de comunicação estão fazendo uma grande coisa partindo do nada, Stephen Jones é um artista, um poeta, ele se expressa de várias maneiras diferentes. A maneira como eles estão denegrindo o Johnny, sem razão nenhuma, é apenas triste.”

Joey Malone diz: “Não foi Johnny quem escreveu a canção, ou cantou a música, ele tocou guitarra nessa faixa especial do álbum…só isso! Isso tudo está chegando à proporções que não existem. Esta é a canção de Stephen Jones, sua arte, sua criação…Johnny foi apenas um dos muitos músicos que tocou no álbum.”

Joey me disse que está muito surpreso com todo esse disparate e perplexo por causa dessa relação com o Natal que a mídia inventou. Bruce Witkin resumiu tudo dizendo: “Não fomos nós que começamos este golpe publicitário, mas temos certeza que vamos apreciá-lo! Quem decidiu fazer um negócio tão grande de ‘Jesus Stag Night Club’ fez um enorme favor à Babybird e à Unison Music, porque nos trouxe mais atenção do que jamais poderíamos ter sonhado…obrigado!”

E quanto à Johnny, Bruce disse que tem certeza de que o nosso grande amigo está achando isso muito divertido. Isso é tudo.”  

Por: Dawn Williams

FONTE

Tradução e adaptação: Sarah – Equipe Johnny Depp Forever – Não reproduza sem os créditos!

Leave a comment