Johnny Depp Forever
A sua fonte de informações sobre o ator e músico Johnny Depp
Andreas Kisser fala sobre Johnny Depp e a Hollywood Vampires
setembro 24, 2015

Como vimos aqui, o guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, vai participar do show da Hollywood Vampires no Rock in Rio. Kisser contou ao G1 que subirá ao palco para tocar “School’s Out”, de Alice Cooper.

Ele também falou sobre sobre a banda e Johnny Depp (surpreendentemente, muita gente parece não saber ou não estar convencida de que ele também é músico!). Leia os trechos a seguir.

Já conhecia os músicos do Hollywood Vampires?
Andreas Kisser – Na verdade, o Alice Cooper eu já tinha encontrado em Phoenix na década de 1990, quando a gente [os integrantes do Sepultura] morava lá. E agora conheci o resto da galera do Hollywood Vampires, todo mundo muito simpático. A vibe é muito leve, muito positiva. A galera está ali para curtir, sem egotrip. Fico feliz de participar.

E o Johnny Depp toca mesmo?
Andreas Kisser – O Johnny Depp toca, toca, sim. Está super à vontade, fazendo uns slides. Tem um som dele próprio. Está tranquilo ali no palco e não está enganando ninguém, não (risos). Não está ali fazendo playback, mas sim o som dele, participando com a pegada dele na jam. É uma coisa que o Johnny Depp não tinha mostrado antes, mas parece que ele já lida com a guitarra há um bom tempo.

Você já sabe qual música vai tocar nesta jam com o Hollywood Vampires?
Andreas Kisser – Eles sugeriram uma faixa lá, que é um dos temas mais conhecidos do Alice Cooper: “School’s out”. Como é um clima de jam, vão abrir espaço para fazer solo. O setlist do Hollywood Vampires vai de Led Zeppelin a Alice Cooper, passando por Jimi Hendrix e um monte de banda. É uma celebração do hard rock, da raiz do heavy metal. Uma junção de influências: Alice Cooper, Aerosmith, Guns N’ Roses… Esses caras influenciaram todo mundo, inclusive a mim.
Dá para perceber que tem muitas jams nesse estilo acontecendo. Eu mesmo fiz uma dessa recentemente com músicos do Slayer, do Megadeth. É uma junção legal, uma galera que se curte e que gosta de tocar. A gente relembra muito tempo de garagem, de moleque, tocando músicas dos nossos ídolos. Dividir o palco com eles é uma honra.

Entrevista completa

Leave a comment